Festival Roque Pense! A 2º edição do festival de cultura antissexista

Festival Roque Pense! A 2º edição do festival de cultura antissexista

O Festival Roque Pense! chegou a sua segunda edição com uma programação que contou com debate, oficinas, Jam session feminina de skate, graffiti e, claro, 12 shows de bandas que contavam com, pelo menos, uma mulher em sua formação. Esse é o principal debate que o projeto levanta: não dá pra ficar parada vendo a banda passar sem questionar o porquê de só os homens, ao longo da história ocuparem, majoritariamente, o cenário cultural que nasce na rua e dela faz seu espaço mais legítimo. Antes anunciado para acontecer na cidade de Nova Iguaçu, o Festival Roque Pense!,encontrou diversas dificuldades em um ambiente com total ausência de políticas públicas locais para a cultura, e diante de diversas possibilidades se estabeleceu na capital do rock da Baixada Fluminense: Mesquita. Enquanto isso as inscrições superaram as expectativas, obtivemos mais que o dobro em relação a última edição, totalizando 118 bandas de 13 Estados diferentes. As cidades próximas também fizeram seus próprios pré-festivais de luxo, e foram eles: os cineclubes Mate com Angu com a Sessão Mate Pense! em Duque de Caxias, e o Buraco do Getúlio com a Sessão Roque Pense! em Nova Iguaçu. As sessões simbolizaram o que o Boletim Roque Pense! anunciava: “Nas ruas, no ano da Cultura Alternativa da Baixada Fluminense”, os coletivos de resistência cultural trabalhando juntos em um momento único para a cena local. Pauta de muitos veículos de comunicação, o festival também rendeu capa para a  cena roqueira local em um jornal de grande circulação, dando visibilidade a região que se torna cada vez mais palco de grandes festivais e seus artistas. E foi nos dias 18, 19 e 20 de outubro finalmente que o Festival Roque Pense! reuniu mulheres que no palco mostraram com vigor sua vocação para o roquenrou. Canto Cego e Algoz, do Rio de Janeiro, tiveram destaque com suas mulheres no vocal e nas performances de Roberta e Elza. Eve Desire de Sampa, apresentou o timbre afiado de Arya Cappia, grávida de Luna, encerrando a primeira noite do festival. Visceral Leishmaniasis, tendo em sua formação a única representante da região, a iguaçuana e vocalista Luanna Nascimento, ocupou o palco e surpreendeu a todxs com seu vocal gutural, liderando uma banda ainda desconhecida, de estilo muito específico – death metal – com público próprio e uma técnica muito apurada, uma grande revelação. Chamou, organizou e desorganizou a roda. E mesmo com a intervenção infeliz de um cara que tomou seu microfone, ela teve o controle da situação pegando seu microfone de volta, mostrando que estava no comando da noite. A Roda de Ideias veio na seqüência, coroando o debate sobre o ativismo feminino na Baixada Fluminense, tendo como pano de fundo o legado deixado por Armanda Álvaro Alberto, grande homenageada da segunda edição do festival. Educadora revolucionária, Armanda deixou marcas na Baixada Fluminense, das décadas de 20, 30 e 40, devido a sua trajetória feminista e por sua dedicação a uma educação mais justa e menos desigual. Enquanto o projeto gráfico ia sendo desenhado, entre colagens e programas, mais o coletivo ia se apaixonando pela trajetória de uma das maiores feministas brasileiras. Sua imagem estampada em camisas, banners e flyers surpreenderam ativistas e educadoras ao reconhecê-la em meio à um festival de rock. A noite de sábado foi comandada pelas bandas Medialunas,...

Leia Mais

Carta aberta às e aos skatistas

Carta aberta às e aos skatistas

Nós conhecemos, respeitamos e amamos a história do skate. Também conhecemos e respeitamos os nomes que construíram essa história. Mas aqui, com o Roque Pense! e o Girls In Ação, queremos escrever a nossa própria história, a das mulheres skatistas. Existem hoje milhares de meninas e mulheres nas oficinas e nas pistas. Skate feminino não dá prejuízo, nem é menos importante. Forma pessoas, cidadãs e atletas. O Girls In Ação foi resultado da trajetória de uma mulher, a Maryjane, que encontrou nas garotas do RP! a mesma vontade de ver os rolês de outras skatistas sendo valorizado e reconhecido. Por isso não vamos admitir qualquer tipo de violência, seja física, verbal ou simbólica. O RP! encontra nos homens colaboradores de sua causa, e o Girls In Ação convida os caras a abraçarem essa causa, que não é só nossa, das mulheres, mas é de todos e todas, por que no rock e no skate não deve haver sexismo. Queremos respeito! Coletivo Roque...

Leia Mais

Canto Cego e as novas atrações confirmadas para o FRP!

Canto Cego e as novas atrações confirmadas para o FRP!

Algumas novidades foram confirmadas para a programação do Festival Roque Pense! 2013. A banda Tevadom não poderá mais participar, aguardamos trabalhar juntas nos próximos projetos. Entrou em cena a galera da banda Canto Cego, que vem fazendo muito barulho nos palcos cariocas atualmente, e vai agitar o primeiro dia do festival, 18 de outubro. Ainda no dia 18, na Roda de Ideias, teremos a ilustre presença da Subsecretária de Políticas para Mulheres do Estado do Rio de Janeiro, Adriana Mota, que vai entrar no papo sobre a participação política das mulheres. Também está confirmada mais uma grafiteira: KR, que vai estar no domingo, dia 20 de outubro. Nesta semana está rolando o encontro com uma equipe de voluntários e voluntárias que estarão construindo mais novidades para o público que estará presente no Paço Municipal, em Mesquita. Para as garotas que querem participar mais, ainda estão abertas as inscrições das oficinas para mulheres. A IATEC – Instituto de Artes e Técnicas em Comunicação – vai estar com uma instrutora de áudio para falar sobre a preparação de um palco para shows. E o projeto do coletivo, Laboratório RP! vai falar da produção executiva de shows pela perspectiva da cultura anti-sexista, não perca, reúna as amigas e se inscreva pelo email:...

Leia Mais

Girls In Ação leva as skatistas para o rock!

Girls In Ação leva as skatistas para o rock!

As Skatistas irão ocupar o Paço Municipal de Mesquita dia 20 de outubro, na segunda edição do “Girls In Ação”, Jam session feminina de skate comandada pela atleta Maryjane. Apesar do crescimento de praticantes do esporte, há pouco protagonismo feminino nas competições, patrocínios e divulgação. Em 2012 o Festival Roque Pense! recebeu skatistas de vários cantos do Estado do Rio de Janeiro, capitaneadas pela skatista de São João de Meriti Maryjane, que hoje em dia é cantora lírica e colou com  as roqueiras para promover o skate feminino. Elas serão premiadas nas categorias Feminino 1 e Feminino 2, as inscrições são gratuitas e começam as 14hs, às 15h a competição rola com as atletas ao som do DJ Felipe...

Leia Mais

Entre na roda e inscreva-se nas Oficinas!

Entre na roda e inscreva-se nas Oficinas!

Além das três noites de rock, nesta edição o Festival Roque Pense! traz novidades em sua programação.  A Roda de Ideias abre o Festival na sexta-feira dia 18, às 13h na Sala Zelito Viana, onde também será lançado o Boletim Roque Pense! “Nas ruas, no ano da Cultura Alternativa da Baixada Fluminense”. O tema “Causando na Baixada: de Armanda Álvaro Alberto ao Roque Pense!” vai falar da participação política e cultural feminina na Baixada Fluminense, a partir da homenageada Armanda Álvaro Alberto, passando pela organização feminista da década de 80 na região, até o ativismo atual, dentre eles a atuação do RP! com cultura anti-sexista. Os temas da Roda e do Boletim foram escolhidos pelos intensos momentos em que estamos vivendo: A onda de manifestações e também uma onda conservadora, e, na Baixada Fluminense, a onda de produção cultural local e independente que os grupos e artistas protagonizam. Já no sábado, dia 19, também às 13h no mesmo local, acontecem as oficinas destinadas às mulheres. A Oficina “Recursos de áudio para shows” vai abordar a preparação de um palco, ministrada pela IATEC as alunas – frequentadoras, produtoras, musicistas ou entusiastas – poderão aprender com uma técnica de espetáculos e acompanhar a passagem de som das bandas. E às 15h a oficina “Produção executiva para shows” do projeto Laboratório Roque Pense! o Coletivo Roque Pense! compartilha técnicas para realização de shows, festivais e outros eventos, um grande passo para a promoção do acesso das mulheres aos meios de produção de cultura. A Roda de Ideias é aberta a homens e mulheres, é só chegar, já as oficinas tem vagas limitadas, as inscrições são pelo email...

Leia Mais

Pin It on Pinterest